Osmos

Anualmente a Independent Games Festival nos presenteia com jogos fantástico, que geralmente fogem do padrão  criado pelas grandes empresas.

Na última edição o game Osmos, um Ambient Game como citado pela própria desenvolvedora, a Hemisphere Games, ganhou o prêmio D2D Vision Award e trouxe mais um sopro de criatividade ao mundo dos jogos eletrônicos.

Logo no início o jogo já te diz quem você é: Uma forma de vida unicelular que precisa, por meio de osmose, absorver formas de vida menores.

A movimentação se dá através de cliques no mouse que liberam parte da sua própria constituição, impulsionando assim o “personagem”.

Simplesmente não há história, e, sinceramente, ela não faz a mínima falta nesse game.

Os cenários vazios e escuros, apenas com você e as outras formas de vida, aliada a uma trilha sonora fantástica dão toda o clima de solidão e relaxamento que o jogo se propõe.

A trilha sonora aliás é um caso a parte. Recheada de músicas eletrônicas super leves fazem com que você se sinta dentro daquele mundo (aconselho jogar com um fone de ouvido que cubra toda a orelha e coloque o som no último volume).

Apesar de incrível, o jogo às vezes pode ser um tanto frustrante. Para conseguir terminá-lo é necessária paciência.

É um jogo que vou sentir saudade, e provavelmente daqui a algum tempo vou jogar novamente… Apenas pra sentir aquela sensação de solidão.

O jogo faz parte do gênero Ambient Game, estilo que apresentou ao mundo o fantástico Flower
Anúncios

~ por Fabio Alves em dezembro 28, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: